PAULO QUINTILIANO DA SILVA - SÓCIO

foto quintiliano.1.jpg

 

Experiência, Competências e Especialidades

Sócio na Freitas & Zavão Advogados Associados a partir de Junho de 2017. É Advogado especialista em Direito Cibernético, com larga experiência na Policia Federal Brasileira e como Diretor na Interpol/França, com forte atuação também nas áreas de Ciência da Computação Forense, Segurança da Informação, Compliance, Biometria e Processamento de Sinais.

Detém vasta experiência em Análise de Sistemas nas áreas de desenvolvimento de sistemas e Segurança da Informação (1981 a 1995) e de Perícia Criminal Federal na área de crimes cibernéticos e demais crimes de Informática (1995 a 2016), tendo sido o autor dos primeiros laudos oficiais de perícia federal brasileira e de alta expertise na avaliação de sistema eletrônico e de sua interferência nas apurações e resultados de Crimes Eleitorais.

  • Pesquisador Colaborador Pleno, pela Universidade de Brasília desde 2008;

  • Professor Doutor pela Universidade Católica de Brasília (2012 – 2013);

  • Professor da Faculdade Projeção em Brasília (2012 – 2013);

  • Professor do IPOG – Instituto de Pós-Graduação e Graduação desde 2013;

  • Diretor de Polícia Forense Internacional e de Projetos Especiais (INTERPOL) em Lyon/França (2014 a 2016).


 

Formação Acadêmica

  • Universidade de Brasília, Graduação em Computação, 1980 - 1982;

  • Associação de Ensino Unificado do Distrito FederalGraduação em Direito, 1995 – 1998;

  • Universidade de Brasília, Mestrado em Ciência da Computação, 1999 – 2000;

  • Universidade de Brasília, Doutorado em Processamento de Dados em Geologia, 2001 - 2003;

  • Fundação Getúlio Vargas, MBA em Gestão de Segurança Pública, 2005;

  • Universidade de Brasília, Pós-Doutorado em Processamento de Dados em Geologia, 2006 – 2009;

 

Outras Atividades

  • Em 1996 (fevereiro), participou da conferência internacional da "International Organization on Computer Evidences (IOCE)", emMelbourne / Austrália, quando iniciou seus estudos, pesquisas, desenvolvimento e atuação na área de crimes cibernéticos;

  • Em 2004, criou a Conferência Internacional de Investigação de Crimes Cibernéticos (ICCyber) - www.iccyber.org;

  • Em 2006, criou a revista científica IJoFCS (The International Journal of Forensic Computer Science) - sendo seu Editor-Chefe desde o primeiro número do periódico, que tem como objetivo promover o desenvolvimento da Ciência da Computação Forense e contribuir para tornar o espaço cibernético mais seguro;www.ijofcs.org;

  • Em 2006, criou a conferência científica ICoFCS (The International Conference of Forensic Computer Science) - É o"General Chair" da ICoFCS, desde sua primeira edição;www.icofcs.org;

  • Em 2007, criou o Capítulo Brasília da HTCIA (High Technology Crime Investigation Association), o qual foi transformado em Brazil Chapter, em 2017, sendo seu 1º e atual Presidente - www.htcia.org.br;

  • Criador e Presidente da Associação Brasileira de Especialistas em Alta Tecnologia (Abeat).

 

Publicações

  • Publicou e apresentou inúmeros artigos científicos em várias revistas científicas e conferências, em vários países.

  • O princípio da autonomia da perícia oficial no âmbito da Lei 12.030/2009, in: ICoFCS 2013.

  • Computer Forensic Laboratory: Aims, Functionalities, Hardware and Softwar, Paulo Quintiliano e outros, in: ICoFCS 2013.

 

Idiomas

  • Português (Nativo Fluente);

  • Francês (Nível Fluente);

  • Inglês (Nível Fluente);

  • Espanhol (Nível Fluente).

dirceu freitas filho